contato

 

História da Associação Filantrópica Ferra Mula


            A Associação Filantrópica Ferra Mula, fundada em 28/01/63, o que se denomina “ASSOCIAÇÃO FILANTRÓPICA FERRA MULA” com sede própria a Avenida Irati n° 245, Centro – CEP: 86.800-220 na cidade de Apucarana-PR tem por finalidade principal, proporcionar à caridade as pessoas reconhecidamente pobres através de assistência de qualquer espécie.
               Embora fundada em 28/01/1963, teve seu inicio no ano de 1958 (primeiro registro legal), sem qualquer pretensão, pois alguns amigos tinham o costume de se reunirem, nos finais de tarde e nos finais de semana, para conversas informais e tomar aperitivos, que habitualmente ocorria geralmente no BAR OPERA, CLUBE 28 DE JANEIRO e depois fixou sua sede na ANTIGA CHURRASCARIA DO PAPAI (era alugada), por volta de 1972/73.

Já naquela época havia pessoas carentes principalmente CRIANÇAS MENORES e IDOSOS, que pediam “ajuda ou esmolas” nas ruas da cidade, e por esta razão esse grupo de amigos passaram a “cotizar” dinheiro entre si, para ajudar essas crianças menores e idosos, de varias formas.

Estas ajudas ou colaborações eram com MEDICAMENTOS, ALIMENTAÇÃO, ATENDIMENTO MEDICO, dentre outros, e algum tempo depois, passaram a FORNECER CERTIDÃO DE NASCIMENTO GRATUITAMENTE aos menos afortunados (crianças e adultos), e também passaram a realizar o NATAL DA CRIANÇA, com doações de brinquedos e outros.

Essas pessoas voluntariosas têm como primeiro registro o senhores: EDMUNDO HENRIQUE DE FAW, ALFREDO VIOL, ARCANGELO MARCHIORI, ADÃO IWANKIW, ATANASIVS FIRIPPIS, ANTONIO CRETO, OSCAR TACLA, SALOMÃO MUSSI FAGALI, VICENTES SANCHES, dentre outros que não foi possível localizarem registro.

Com o passar dos anos, esse grupo de amigos, tiveram adesões de mais pessoas interessadas no trabalho voluntario e colaborador, tendo então em 28/01/1963, fundada legalmente a ASSOCIAÇAO FILANTRÓPICA FERRA MULA.  

Por que “FERRA MULA”, conta os velhos amigos, que em primeiro lugar, o papel/figura do animal “mula”,  que na época era comum a sua utilização para transportar FARDOS e CARGAS, e na historia foi quem levou “JESUS CRISTO” em sua peregrinação, seria um ótimo nome para a associação.  “Também conta os antigos que estas reuniões ou encontros, para aperitivar (tomar umas e outras), era chamado de ‘FERRAR A MULA”.  Assim com as prováveis definições dada a “MULA”, definiu-se o nome de “FERRA MULA”.

A característica principal, e que desde sua fundação, foi limitado o numero de sócios, em 52 pessoas, pois as reuniões passaram a ser todos os domingos, e como no ano temos 52 domingos, nada mais justo, que cada domingo seria de responsabilidade de um sócio para custear as despesas, como também era obrigatório o pagamento por domingueira no valor de Cr$ 200,00 (duzentos cruzeiros) cada sócio, o qual era revertido para o FUNDO BENEFICENTE ASSISTENCIAL.    

Outra característica fundamental, até os dias de hoje, quando um pessoa é admitida como sócio da Associação, a cerimônia de posse é utilizado uma “ferradura”, em que o sócio simbolicamente é “ferrado”, ou seja, ao novo sócio é feita a aplicação dos cravos na ferradura, em ambos os pés.

Fundada então, em 1963, teve sua primeira diretoria composta pelos seguintes sócios: OSMAR TACLA, EDMUNDO HENRIQUE DE FAUW, ANTONIO CRETO, ADISIO FIGUEIREDO DOS SANTOS, VICENTE SANCHES, LUIZ SANCHES, SALOMAO MUSSI FAGALI e PEDRO AGOSTINETE PRETO, com o registro junto ao Registro Geral, sob nº 131 em data de 05/09/1964. A gestão era e é ate hoje por um período de 12 (doze) meses, quando é eleita nova diretoria.

Inicialmente, a renda era cotizada entre os associados, e a venda de “rifas/bingos”, até por volta de 1.970/71, quando o Regime Militar à época, passou a proibir sistematicamente este tipo de contravenção, foi ai então que surgiu a idéia de vender carne, passando então a ASSAR COSTELA DE BOI, (era temperada em “salmoura”, e assada em pequena churrasqueira de (3 metros), vendida e consumida entre os associados e fregueses, somente para homes”,  pois inclusive Apucarana, era centro de referencia no abate de gado, como o antigo FRIGORIFICO SANTO ANTONIO.

A entidade, já no ano de 1.968 foi declarada de UTILIDADE PUBLICA, pelo ESTADO DO PARANA, pela a Lei nº 5811 de 19/071.968, e pelo MUNIPICIO DE APUCARANA, pela Lei nº  30/1964, também  foi registrada junto ao CONSELHO NACIONAL DE SERVIÇO SOCIAL, sob nº 241.655/67 de 27/03/1972.    Em 20/05/2008 teve registro homologado sob nº 82.67.64.61.4, seu LOGOTIPO e MARCA (FERRA MULA), junto ao INSTITUTO NACIONAL DE PROPRIEDADE INDUSTRIAL.

A entidade possui sede própria desde o ano de 1978, sendo que a área foi doada pelo Município de Apucarana, atualmente funcionando no endereço RUA FIRMAN NETO, 245.

Desde sua criação e fundação, ocorreram duas alterações em seu estatuto, para atualizar seus deveres o obrigações, mantendo integralmente o objetivo principal, que e a ajuda ao menos necessitados, em especial a CRIANÇA e o IDOSO, tendo sua renda exclusivamente das COSTELADAS REALIZADAS AS QUARTAS-FEIRA.    

A entidade, ainda apadrinhou o “FERRA BODE”  na cidade de FAXINAL,  “CLUBE DA COSTELA” na cidade Londrina, o “U MIO DU BOI”  na cidade de Piracicaba e .”AM,IGOS DE CARNE E OSSO” na cidade de Vitoria, os quais estão em atividade com o mesmo objetivo filantrópico e o voluntariado de seus sócios.

A associação tem como LEMA “A HUMANIDADE NOS INDUZ, A RELIGIÃO NOS ORDENA E OS NOSSOS DEVERES MORAIS NOS IMPÕEM QUE SOCORRAMOS OS NOSSOS SEMELHANTES EM SUAS NECESSIDADES.”  Chesterfield-1684/1773.

Pedimos desculpas, se deixamos de citar ou nominar alguém que fez parte do “FERRA MULA”, pois os arquivos e anotações foram extraviados ao passar dos anos.

Novos fatos, casos e causos serão regularmente informados no “site” ou no “facebook”.

 

APUCARANA, AGOSTO/2012.                               A  Diretoria.